Entenda a diferenA�a entre armazenamento (storage) e backup

LB2 > Storage  > Entenda a diferenA�a entre armazenamento (storage) e backup

Entenda a diferenA�a entre armazenamento (storage) e backup

Para escolher a melhor alternativa para proteA�A?o dos dados da sua empresa, A� importante entender que backup e armazenamento sA?o duas coisas distintas. A diferenA�a nA?o estA? exatamente na terminologia, afinal, backup nA?o deixa de ser uma forma de armazenamento.

 

O que muda, na realidade, A� o conceito e, principalmente, os objetivos de cada um deles. Vamos comeA�ar pelo mais simples e habitualmente utilizado pela maioria das pessoas: o backup.

 

 

O que A� backup de dados?

Basicamente A� uma cA?pia de seguranA�a dos arquivos armazenada por provedores de serviA�os em nuvem a�� como Amazon Web Services (AWS) a�� ou em dispositivos como HD externo, fita e pen drive. O importante aqui A� ressaltar que esse backup precisa estar fora do equipamento. Mais indicado ainda seria se nA?o estivesse sequer compartilhando o mesmo espaA�o fA�sico.

 

a�?Quando se faz um backup de dados, espera-se proteger as informaA�A�es contidas ali de um desastre que leve A� perda dos originais, como queima do aparelho, uma enchente, roubo, etc. Com as cA?pias resguardadas, A� possA�vel fazer a recuperaA�A?o e restauraA�A?o dos dados e retomar as operaA�A�esa�?, detalha o Gerente de OperaA�A�es da LB2, Victor Machado.

 

Esse backup pode ser, inclusive, automatizado, sendo, portanto, realizado em dias e horA?rios prA�-definidos. a�?TambA�m pode ser configurada a forma como ele serA? feito: se irA? copiar apenas os arquivos modificados, se irA? copiar tudo novamente, se permitirA? a desduplicaA�A?o dos dados, entre outros requisitos possA�veisa�?, pontua Victor.

 

Backup de dados na nuvem

E o que A� storage?

A� uma unidade de armazenamento composta por vA?rios discos rA�gidos (HD) conectados via tecnologia RAID (explico logo mais), cuja funA�A?o vai muito alA�m de proteger os dados de catA?strofes.

 

 

Segundo o livro a�?File and Object Storage for Dummiesa�?, basicamente, um equipamento de storage deve ser capaz de:

 

  1. Armazenar dados (intermediA?rios e finais);
  2. Gerenciar esses dados enquanto estA?o armazenados;
  3. Proteger os dados, evitando perdas;

 

Alimentar os processadores de computador com dados para que eles continuem funcionando.

 

 

Vantagens do storage

Comparado ao processo de backup, o sistema de storage tem duas vantagens muito claras: disponibilidade e performance. a�?Quando vocA? precisa recuperar e restaurar um backup, nA?o A� possA�vel fazA?-lo de forma instantA?nea e certamente haverA? alguma paralisaA�A?o dos processos atA� que seja concluA�do. No caso do storage, esses dados estA?o disponA�veis imediatamente e podem ser acessados de forma rA?pidaa�?, explica o Gerente de OperaA�A�es da LB2.

 

Boa parte dessas caracterA�sticas sA?o provenientes da tecnologia RAID (Redundant Array of Independent Disks ou Conjunto Redundante de Discos Independentes) que permite a conexA?o de vA?rios HDs menores, tornando-os um A?nico conjunto lA?gico. Dependendo da forma como eles sA?o conectados (RAID 0, 1, 2, 3, 4, 5 ou 6), a performance e disponibilidade sA?o alteradas a�� vamos detalhar cada um deles em um novo post.

 

a�?A vantagem do RAID estA? no fato de permitir que seja criada uma unidade lA?gica mais robusta a partir de partes menores de HD. Ou seja, A� possA�vel ter um armazenamento de 40TB a�� terabytes a�� por exemplo, unindo vA?rios discos com capacidades distintas a um preA�o bem mais acessA�vel que comprando um A?nico disco de 40TBa�?, detalha.

 

AlA�m da capacidade do disco, a velocidade de rotaA�A�es por minuto (RPM) tambA�m A� afetada e, consequentemente, a performance. a�?Se cada HD atinge 10 mil RPM, por exemplo, dependendo do RAID eles podem somar atA� 150 mil RPM, levando A� alta performance esperadaa�?, detalha Victor.

 

E mais: a�?como sA?o vA?rios discos rA�gidos rodando juntos, de acordo com o RAID escolhido, se um HD falhar, a operaA�A?o continua. Isso porque as informaA�A�es sA?o gravadas de forma redundante em discos diferentes, evitando que, no caso de um ser danificado, os dados sejam perdidos.a�?

 

Storage

 

 

Backup X Storage

A verdade A� que os dois serviA�os sA?o complementares e nA?o excludentes. O backup nada mais A� do que cA?pia dos dados que estA?o no disco rA�gido, ou seja, nos HDs que compA�e o storage e estA?o ligados via RAID.

 

Se alguma coisa acontecer com as informaA�A�es que estA?o ali, serA? possA�vel recuperA?-las e restaurA?-las. E mais, elas podem ser armazenadas a longo prazo, durante anos, seja na nuvem, em outro HD ou mesmo fita.

 

O storage, por sua vez, permite que a informaA�A?o quente, aquela ainda em fase de produA�A?o, seja armazenada e esteja disponA�vel para acesso imediato atravA�s dos HDs que compA�e o RAID. Ou seja, o servidor vai continuar funcionando mesmo num caso momentA?neo de falha (perda de um dos HDs, por exemplo), o que nA?o aconteceria se dependesse apenas do backup.

 

AlA�m de garantir a disponibilidade e performance, aumenta a camada de seguranA�a das empresas ao aumentar a confiabilidade de que suas operaA�A�es estarA?o protegidas e menos susceptA�veis a paralisaA�A�es.

 

Fato A� que o storage A� sA? mais uma camada de proteA�A?o das operaA�A�es. PorA�m, nA?o estA? isento de, no caso de uma falha generalizada, precisar recorrer ao backup.

 

Quer saber mais sobre armazenamento? No prA?ximos posts vamos detalhar os diferentes tipos (NAS, SAN e DAS) e o que significa cada RAID (de 0 a 6). Continue acompanhando nosso blog.

 

LB2
Não há Comentários

Poste um Comentário

Comentário
Name
Email
Website